top of page

A Grande Cidade, 82', 1966, Brasil.

Atualizado: 14 de set. de 2020

Segundo longa de Cacá Diegues trata-se de um filme urbano que mistura literatura de cordel e samba, registra, de maneira lírica e também violenta, o acuamento de um casal de migrantes nordestinos fora de seu espaço, deslocado entre a rica zona sul e as favelas do Rio de Janeiro.

Sinopse

Em busca de uma vida melhor, Luzia abandona o Nordeste e vai para o Rio de Janeiro para encontrar o noivo. O sonho de viver na metrópole se torna um pesadelo quando Luzia descobre que seu amado se tornou um temido bandido.


Ficha Tecnica

Elenco: Antônio Pitanga, Anecy Rocha, Joel Barcelos, Leonardo Villar.


Sobre o cineasta Cacá Diegues

Carlos José Fontes Diegues (Maceió, Alagoas, 1940). Diretor de cinema, ensaísta, roteirista e produtor. Filho do antropólogo Manuel Diégues Júnior (1912-1991), muda-se em 1946 para o Rio de Janeiro, onde estuda em colégios de orientação jesuíta. Entre 1959 e 1960, nos quadros da política estudantil da Pontifícia Universidade Católica (PUC/Rio), funda um cineclube e assume a redação do jornal O Metropolitano. Este periódico, órgão oficial da União Metropolitana de Estudantes (UME), e o grupo da universidade constituem um dos núcleos de origem do cinema novo. Junta-se, em 1961 ao Centro Popular de Cultura da União Nacional dos Estudantes (CPC), para o qual realiza no ano seguinte Escola de Samba Alegria de Viver, um dos episódios de Cinco Vezes Favela.




Fonte

1 Comment


Beatriz Amorim
Beatriz Amorim
Sep 19, 2020

Esse filme deve ser demais ! Muita brasilidade essa junção Cacá, cordel e samba!

Like
bottom of page