A Negação do Brasil, 92' 2000, BRA

Documentário de Joel Zito Araújo fala sobre o negro nas telenovelas brasileiras.

Sinopse

A Negação do Brasil aborda tabus e estereótipos sobre o negro na telenovela brasileira. Joel Zito Araújo, baseado em suas memórias, analisa as influências do gênero nos processos de identidade dos afro-brasileiros.


O filme teve um trabalho tão minucioso de pesquisa que o diretor lançou um livro homônimo. Foi premiado como melhor filme brasileiro do É Tudo Verdade do seu ano de lançamento, e foi selecionado em diversos festivais internacionais.


Sobre a filmografia do diretor

  • Meu amigo fela (2019)

  • Raça (2012)

  • Cinderelas, lobos e um príncipe encantado (2009). Menção honrosa no Festival Internacional de Cinema de Brasília, 2008. Prêmios de melhor filme e melhor diretor, por votação do público, no 9ª Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe. Prêmios de melhor longa-metragem e melhor documentário do III Bahia Afro Film Festival, 2010.

  • As filhas do vento (2004). Prêmios de melhor filme (júri da crítica), melhor diretor; melhor ator (Milton Gonçalves); melhor Atriz (Ruth de Souza e Lea Garcia); melhor ator coadjuvante (Rocco Pitanga); melhor atriz coadjuvante (Taís Araújo e Thalma de Freitas). Prêmio de melhor filme pelo júri popular da Mostra de Cinema de Tiradentes, 2005.

  • Vista a minha pele (2003). Curta-metragem

  • A negação do Brasil (2000). Prêmio de melhor filme do É Tudo Verdade de 2001. Prêmio de melhor roteiro de documentário no 5º Festival de Cinema de Recife em 2001.

  • A exceção e a regra (1997). Média-metragem.

  • Ondas brancas nas pupilas negras (1995). Média-metragem.

  • Eu, mulher negra (1994). Média-metragem.

  • Retrato em preto e branco (1993). Média-metragem.

  • Almerinda, uma mulher de trinta (1991). Média-metragem.

  • São Paulo abraça Mandela (1991). Média-metragem.

  • Alma negra da cidade (1990). Média-metragem.

  • Memórias de classe (1989). Média-metragem. Prêmio de melhor roteiro no Festival Ford/Anpocs, 1989.

Roteirista

  • Cinderelas, lobos e um príncipe encantado (2009). Menção honrosa no Festival Internacional de Cinema de Brasília, 2008. Prêmios de melhor filme e melhor diretor, por votação do público, no 9ª Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe. Prêmios de melhor longa-metragem e melhor documentário do III Bahia Afro Film Festival, 2010.

  • As filhas do vento (2004). Prêmios de melhor filme (júri da crítica), melhor diretor; melhor ator (Milton Gonçalves); melhor Atriz (Ruth de Souza e Lea Garcia); melhor ator coadjuvante (Rocco Pitanga); melhor atriz coadjuvante (Taís Araújo e Thalma de Freitas). Prêmio de melhor filme pelo júri popular da Mostra de Cinema de Tiradentes, 2005.

  • A negação do Brasil (2000). Prêmio de melhor filme do É Tudo Verdade de 2001. Prêmio de melhor roteiro de documentário no 5º Festival de Cinema de Recife em 2001.

  • Memórias de classe (1989). Média-metragem. Prêmio de melhor roteiro no Festival Ford/Anpocs, 1989.

Fonte

Filme B