Afronta! | reflexões sobre o Afrofuturismo

Músicos, bailarinos, atores, curadores, artistas visuais, DJs, poetas, cineastas, produtores culturais, comunicadores e empreendedores contam sobre suas trajetórias e inquietações


A série Afronta! é uma co-produção entre a Preta Portê Filmes e o Canal Futura, com direção de Juliana Vicente e lança luz sobre a potente juventude negra brasileira contemporânea que contam suas trajetórias e oportunidades geradoras da sua constituição como indivíduo e  expressadas pelos seus trabalhos.


Em 26 episódios documentais de 15 minutos, grandes nomes contemporâneos refletem sobre o Afrofuturismo, como movimento estético e filosófico, sobre os encontros afrodiaspóricos e a criação desta rede como geradora de autonomia e potência. Realizado em diversos pontos do país como Recife, Bahia, São Paulo, Minas e Rio de Janeiro,  Afronta! apresenta nomes da música como Rincon Sapiência, Tássia Reis, Anelis Assumpção, Karol Conka, o cineasta Gabriel Martins, Ingrid Silva, bailarina do Dance Theater of Harlem, NY entre outros.

Para assistir aos episódios, clique aqui e acesse a TV PRETA

Sobre a diretora

Juliana Vicente é cineasta e fundadora da Preta Portê Filmes, produtora de cinema e conteúdo audiovisual para TV e outras mídias. Em 2015 foi convidada como diretora para o Berlinale Talents; estudou Cinema na FAAP e na EICTV, em Cuba. Dirigiu o documentário “Leva”, uma coprodução com o Canal Futura, sobre o cotidiano de uma ocupação no centro de São Pulo, ganhador do New York Film Festivals (2012, Social Issues). Foi convidada a participar do programa internacional Why Poverty? com o documentário “Mauá: Luz ao Redor”, uma coprodução Brasil/África do Sul, exibido no TIFF, IDFA, entre outros, e distribuído em mais de 60 canais de televisão pelo mundo.


Dirigiu o “Cores e Botas”, curta exibido em mais de 50 festivais no Brasil e no mundo, como o Festival de Havana (2010), Festival de Huelva (2011) e Festival de Brasília (2011). Realizou o clipe “Mil Faces de Um Homem Leal – Marighella”, dos Racionais MCs, vencedor do Clipe do Ano,

no VMB MTV (2012). Em 2014 estreou o documentário “Escola das Águas: o Desafio Pantaneiro” e, em 2015, o documentário “As Minas do Rap”, ambos em coprodução com o Canal Futura. Em 2016 foi contemplada com o edital Itaú Rumos para a realização do filme “Diálogos com Ruth de Souza” e está dirigindo o primeiro documentário longa-metragem oficial sobre os Racionais MCs. Como produtora, realizou mais de 20 filmes, com mais de 100 prêmios nos principais festivais do mundo. Em 2015 conquistou 4 prêmios no Festival de Cannes com a coprodução “A Terra e A Sombra”, ganhador também do Caméra d’Or.



Fonte

TV PRETA