Alma no Olho, 11 min, 1974, Brasil.

Com um discurso metafórico e fundamental contra o racismo, intolerância e o ódio, Zózimo Bulbul dá lições de um cinema experimental para muitas gerações de brasileiros.

O Cine Banda Larga de hoje exibe um dos primeiros atores afro-brasileiros a enveredar para direção, que foi o Zózimo Bulbul. Depois de protagonizar o longa Em Compasso de Espera, único filme da carreira de Antunes Filho, o brilhante e saudoso Zózimo dirigiu Alma no Olho, Abolição, Pequena África e realizou diversos outros trabalhos fundamentais da cultura brasileira e para a histórica luta antirracista.


SINOPSE


Metáfora sobre a escravidão e a busca da liberdade através da transformação interna do ser, num jogo de imagens de inspiração concretista.



PRINCIPAIS TRABALHOS COMO ATOR:

  • 1962 – Cinco vezes favela, Leon Hirzman

  • 1963 – Ganga Zumba, de Carlos Diegues

  • 1967 – Terra em Transe, de Glauber Rocha

  • 1968 – Auto da Compadecida, de George Jonas

  • 1970 – Compasso de Espera, de Antunes Filho

  • 1972 – Sagarana – O Duelo, de Paulo Thiago

  • 1977 – A Deusa Negra, de Ola Balogum

  • 2003 – Filhas do Vento, de Joel Zito Araújo

  • 2004 – O Veneno da Madrugada, de Rui Guerra

  • 2010 – Papel e o Mar, de Luiz Antônio Pilar

PRINCIPAIS TRABALHOS COMO DIRETOR E AUTOR

  • 1973 – Alma no Olho

  • 1981 – Aniceto Dia de Alforria

  • 1988 – Abolição

  • 2000/2001 – Samba no Trem

  • 2002 – Pequena África

  • 2004/2005 – República Tiradentes

  • 2006 – Zona Carioca do Porto

  • 2006 – Referencias

  • 2010 – Renascimento Africano


PREMIOS E PARTICIPAÇÃO EM FESTIVAIS

  • 1977 – Prêmio de melhor documentário Jornada da Bahia – Alma no Olho

  • 1988 – Prêmio de melhor roteiro e fotografia – Abolição Festival Brasília

  • 1989 – Prêmio de melhor Cartaz – Abolição – Festival Nuevo Cine Latino Americano / Havana-Cuba

  • 1990 – Prêmio de melhor Documentário – Abolição – Festival Latino de Cinema – Nova York

  • 1995 – The Third Anual Contemporary African Diaspora Film NewYork

  • 1997 – XV Festival Pan-Africano de Cinema e Televisão de Ouagadougou Burkina Faso – África

  • 1999 – 9° Festival de Cinema Africano em Milão

  • 1999 – Black Movie Festival Génevè Suiça

  • 1999 – Fórum d’Images Paris

  • 2000 – 2º Festival Cinema Africano Cabo Verde

  • 2001 – Prêmio ProCine – Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro – Roteiro: “O Cantor das Multidões”

  • 2001 – Prêmio ProCine – Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro – (Curta Metragem) – Roteiro e Direção: “Pequena África”

  • 2006 – África em Foco – Buenos Aires

  • 2007 – 19º Encontro de Cinema Latino Americano – Toulouse

  • 2007 – XX – Festival Pan-Africano de Cinema de Ouagadougou – FESPACO – Burkina Faso – África.

  • 2009 – XXI – FESPACO

  • 2011 – XXII – FESPACO – Atuou como jurado

Fonte

Centro Afro Carioca de Cinema Zózimo Bulbul