Lei Aldir Blanc chega em São Paulo, cadastre-se!

Está acontecendo em todo o Brasil cadastramento para renda emergencial destinada a trabalhadores artísticos e culturais impactados pela pandemia COVID19. Em São Paulo, o cadastro é feito via plataforma da Secretaria Estadual de Cultura.


Após um longo e intenso período de mobilização social que sacudiu o Brasil para construção, aprovação e regulamentação da Lei da Emergência Cultural Aldir Blanc, Estados e Municípios realizam cadastramento de pessoas e espaços artísticos e culturais impactados pela pandemia.

O Estado de São Paulo recebeu R$ 264 milhões pela Lei Aldir Blanc, destinará R$ 189 milhões para renda emergencial e R$ 75 milhões serão utilizados para financiamento de editais culturais.

O recurso será aplicado em 3 modalidades, e para cada uma delas, é preciso fazer seu respectivo cadastro. A primeira é destinada aos trabalhadores da cultura, com a renda emergencial mensal no valor de R$ 600,00. A outra modalidade destina aos espaços culturais um subsídio entre R$ 3 mil e R$ 10 mil mensais. Por fim, além da renda emergencial, também haverá chamadas públicas para prêmios e editais. Saiba mais informações e cadastre-se AQUI.